Dermatologia ganha cada vez mais espaço na mídia

Bebê deitado de costas olha para alguém que cuida dele. Mão esquerda aparece acima do bebê, no lado direito da imagem.
Cuidados com a pele das crianças neste verão
31 de janeiro de 2017
Cuidados para ter uma pele bonita e saudável no inverno
11 de Maio de 2017
Mostrar tudo

Dermatologia ganha cada vez mais espaço na mídia

Lado esquerdo azul com ícones de mídia sobrepostos. Corte transversal com rosto de mulher jovem, cujo olhar volta-se para o lado esquerdo superior.

Existem inúmeras publicações especializadas em Dermatologia que tratam desde patologias até procedimentos estéticos, principalmente se considerarmos àquelas de divulgação científica. Porém, nos últimos anos, a demanda por conteúdo na área extrapola os limites profissionais ou estritamente acadêmicos.

Nesta Era da Informação, algumas vezes, nos deparamos com dados desencontrados ou mesmo equivocados, devido, também, à quantidade de textos sobre os mais diversos assuntos. Assim, a procura por profissionais capacitados aumentou, a fim de esclarecer adequadamente as dúvidas da comunidade.

No último dia 14 de fevereiro, a Dra. Stela Cignachi participou do programa Jornal do Almoço, da RBS TV, abordando a queda de cabelo. “A queda de cabelo diária é considerada normal com perda para renovação de fios de até 100 fios por dia. Se essa queda for mais expressiva, devemos procurar um dermatologista para avaliação, investigação da causa e tratamento”, esclareceu. Ainda segundo Cignachi, “Entre as principais causas estão: má alimentação com anemia e deficiência de vitaminas, doenças hormonais como alteração da tireoide, uso de medicações específicas para tratamento de hipertensão, doenças do coração e depressão; doenças do couro cabeludo, como dermatite seborreica, lúpus, líquen, psoríase e outras. Além disso, o dermatologista avalia a haste do seu cabelo na busca de alterações estruturais e de densidade. É importante conversar com o seu médico sobre fatores genéticos, como calvície na família, e ambientais, como o uso constante de bonés”.

Outra participação recente da Dra. Stela ocorreu no começo de março, no programa Medical TV “Pele saudável em todas as idades”, da UCS TV. Nele, a dermatologista apontou alguns cuidados básicos que devemos tomar com a pele a partir dos 60 anos, tais como hidratação, banhos mais rápidos (sem a utilização de buchas ou esponjas) e ingestão de líquidos e Vitamina E. Diferentes profissionais da saúde (dermatologistas, cirurgiões plásticos, oncologistas…) também dividiram o espaço, orientando a população a respeito das precauções necessárias para manter a beleza e saúde da pele sempre em dia, independentemente da idade.

Com esse espaço e atenção da grande mídia, a Dermatologia deixa os redutos das rodas acadêmicas e profissionais e amplia suas discussões, inclusive de maneira multidisciplinar. Uma dica bacana é, quando possível, verificar a fonte da informação.

Acompanhe aqui no blog outras novidades, além do Facebook e da coluna da Dra. Stela Cignachi no site Ladobeta. Não esqueça também de deixar seu comentário, com dicas, sugestões de pauta e opinião.